17 de novembro de 2010

Carnaval no Fogo

Provocações entre paulistanos e cariocas é algo bem clichê e eu me vi num fogo cruzado ao começar a falar com pessoas sobre um final de semana na terra do biscoito Globo. Pessoas apaixonadas pelo Rio, pessoas temerosas, pessoas que só sabem de ouvir falar, pessoas que conhecem. E no meio disso tudo, meu amigo carioca exilado, Rubens, me empresta esse livro do Ruy Castro - Carnaval no fogo.
Ele é quase uma crônica bem longa ou uma carta talvez, do autor comentando sobre a cidade amada, seus principais personagens e sua história. Tudo de uma maneira muito leve, descontraída, e obviamente parcial.
O Ruy Castro é um apaixonado em sua pior crise, em que praticamente tudo é maravilhoso. Até os defeitos são considerados benefícios, ou então diminuídos frente às inúmeras qualidades listadas.
O que é um pouco irritante, é claro, mas cegueira de paixão é assim mesmo...
No entanto, ele também conta a história do Rio de Janeiro, desde o momento em que ele foi "descoberto", os indígenas, os primeiros portugueses, as invasões francesas, e por aí vai até a redescoberta do bairro da Lapa, ou seja, poucos anos atrás. É a história do Brasil, no detalhe, que às vezes a gente nem sabe porque não dá tempo de ensinar na escola.
Gostei muito de ler para entender melhor o fascínio por essa cidade maravilhosa, e a sua importância no e para o Brasil. Paulistanos, leiam sem preconceito. E por favor me avisem se alguém já fez algum livro parecido por São Paulo, minha terra querida também.

Um comentário:

  1. sou completamente APAIXONADA pelo Rio, já tá na minha lista!

    ResponderExcluir