11 de agosto de 2019

O rei se inclina e mata


Editora Globo Livros - Capa Delfin

O livro "O rei se inclina e mata" tem um título intrigante, e a explicação que a autora Herta Müller dá para essa expressão também é, de certa forma, intrigante. Esse livro não é ficção, mas trata-se mais de um ensaio em que ela comenta suas memórias e vai desenrolando alguns assuntos que lhe povoam a mente.

Temos a infância no interior da Romênia numa vila de cultura alemã. O crescimento num governo totalitário, e a censura de pensamento e as restrições de movimentação. A perda de amigos, o distanciamento da família e a mudança de país e de cultura. A vida na literatura e a literatura como vida. São situações críticas e não usuais para a maioria de nós, assim como a forma da prosa de Herta Müller.

Não achei um livro fácil, e me falta o contexto político da Romênia para entender melhor algumas referências que ela faz e não explica, mas foi possível conhecer um pouco mais do universo particular dessa autora.

2 de agosto de 2019

O Peso do Pássaro Morto

Editora Nós
O livro "O peso do pássaro morto",  de Aline Bei acompanha o fluxo de pensamento da personagem principal em várias idades (essas da capa). No primeiro trecho, ocorre o evento marcante da sua vida, aos 8 anos, e, de certa forma, carrega-se esse peso por todos os outros eventos, embora ocorram outras coisas difíceis também. (E estou sendo vaga porque a forma como se desenrola os eventos é bem interessante, então dar spoilers sobre esse evento estraga de certa forma a construção do texto).

Um ponto a se notar é a abordagem da maternidade, sem aquela aura de santidade que é carregada pela vida e pela arte. Pode parecer grosseiro e dolorido, mas eu acho válido ter retratos diferentes desse mesmo fenômeno.

Por fim, como se trata de fluxo de pensamento, principalmente quando ela tem 8 anos, não me parece muito natural, parece que se busca uma profundidade e uma ingenuidade, ou uma simplicidade, que não combinam entre si. O livro é curto, e a história é original, mas realmente não é um livro que eu possa dizer que gostei muito.