22 de dezembro de 2011

Desculpa se te chamo de amor

Editora Planeta - Capa Renata Milan
Sim, eu tenho minhas reservas. Coisas que eu não gosto. Ou não boto fé. Desconfio. Preconceito, se você quiser. Casos de Lolitas são justamente uma dessas coisas. Amor verdadeiro de um cara mais velho, meia-idade, e uma adolescente. 20 anos de diferença. E esse é justamente o tema do livro, que já avisa na contra-capa: E se for amor, amor de verdade?

ok, pode até ser amor de verdade, e tenho certeza que você, caro leitor, conhece alguém ou um amigo de alguém, ou a prima do amigo de alguém, que passou por uma história dessas e deu suuuper certo, então isso é possível e tal. Mas fazer o quê? Eu desconfio.

E não gosto dos clichês: adolescente linda, cheia de vida, animada, mas sentimentalmente madura para a idade; homem de meia idade, inteligente, com boa forma, bem sucedido, precisando de "vida", alguém que o relembre de como é se sentir pleno. E é claro que dá certo. Muito certo, em todas as áreas.

É verdade que eu comecei a ler esse livro com os dois pés atrás, mas acabei me decepcionando com outros detalhes também: como tramas paralelas dispensáveis, personagens caricatos demais, e uma tradução não lá muito boa (como se fosse literal, mas simplesmente não funciona em português. Algumas construções de frases pareciam bem estranhas).

Por outro lado, há vantagens também, como poder ler um romance contemporâneo italiano e ver como é um pouco da socidade (se alguém souber mais sobre o que se trata o tal exame de maturidade que eles fazem, contem aí - é um nome bem engraçado para um exame final de colegial) e da paisagem (descrições de Roma e algumas redondezas), e mais que isso, vale para ter a visão de um homem italiano - que, receio, atende a todos os esterótipos também, a ponto de ter a seguinte frase sobre uma noite do casal em Paris:

"E uma noite que perde os seus limites. E por fim até aquelas estrelas francesas devem admitir. Sim. É mais uma vitória. Os italianos o fazem melhor."

rá-rá-rá.

Bom, se você quiser saber um pouco mais sobre a história lendo outra crítica desfavorável (com a qual eu concordo), clique aqui. Sem mais.

9 comentários:

  1. E ela ainda manda eu ler um livro desse... vê se pode... hahahaha

    ResponderExcluir
  2. oi, fofolete
    eu nao vi comentar livro, eu vim falar feliz Natal e um ano novo bacanão pra vc e pro senhor seu marido.
    ano que vem serei uma webprima menos desnaturada, ok?
    espero te ver amanha ou até o fim do ano.
    beijin
    e me manda por email o seu niver, please :)

    ResponderExcluir
  3. Ok, eu comecei a ler esse livro com os dois pés MUITO atrás. E de fato, embora ele esteja na terceira edição, além das traduções meio sem pé nem cabeça, achei uns erros de concordância meio absurdos também.
    A história clichê e com muitas passagens para encher linguiça - acho que eu não tinha vontade de ler um livro pulando algumas páginas desde que eu li O Guarani na escola.
    Taci, vc me paga. Vou arranjar um livro pior que esse e vc vai ter que ler... Hahahahahah

    ResponderExcluir
  4. PS. Vou procurar as musicas daquele cara q eles tanto falam no livro. Esse livro deve ser uma propaganda barata do cara, não pode ser... hehehe

    ResponderExcluir
  5. Debô, sua anônima, o que seria da sua lista de livros sem mim, hein, hein?? Vai contando qtos livros da minha lista vc também leu esse ano, já para o post de retrospectiva.
    E, POR FAVOR, se vc descobrir se o cara das músicas toscas do livro é fictício ou não, me avisa. Mas aposto que sim.
    Só falta alguém que assistiu o filme comentar aqui.

    Bjs,

    taci

    ResponderExcluir
  6. Entre livros que vc me emprestou, livros meus que eu te emprestei, e livros q lemos de forma independente, eu já li entre 20 e 25 livros da sua lista de 2011...

    Não, ele não é ficticio... http://pt.wikipedia.org/wiki/Lucio_Battisti

    Existe um filme desse livro??? AFFFFFF

    PS. Publicar como anonimo é beeem mais fácil.

    Bjos

    ResponderExcluir
  7. Boa, Debô! Mas em 2012, vai ficar muito mais fácil de comentar o meu blog, aguarde!!! :)

    ResponderExcluir
  8. Esse livro é PERFEITO, um belo românce.. O amor de Nick e Alex é lindo, a amizade entre Nick, Olly, Erica e Diletta também é maravilhosa.. Amei demais ler esse Livro ;)

    ResponderExcluir
  9. Nada como opiniões diferentes :)

    ResponderExcluir